domingo, 31 de maio de 2015

Hilda Eroles - vídeo 38 - touca com barra de pelos



TOUCA FEMININA
Tam. Único

Materiais:
Agulha de tricô n°5
Agulha de tricô n°8
Lã Bambino [fio duplo]
Lã Verona

Touca:
94pts
Tecer 15cm de barra 2/2.

Diminuição:
Depois de tecer os 15cm de barra, iniciar a diminuição para o topo da cabeça:

1ª carr.: a cada 8pts faz 2pts juntos.
2ª carr. e avesso: acompanha o ponto sem diminuições
3ª carr.: a cada 7pts faz 2pts juntos.
5ª carr.: a cada 6pts faz 2pts juntos.
7ª carr.: a cada 5pts faz 2pts juntos.
9ª carr.: a cada 4pts faz 2pts juntos.
11ª carr.: a cada 3pts faz 2pts juntos.
13ª carr.: a cada 2pts faz 2pts juntos.
15ª carr.: fazer 2pts juntos até o final da carreira.
17ª carr.: resgatar com agulha de tapeçaria todos os pontos e costurar.

Barra:

Com a agulha 8 tecer 10pts com o fio Verona.

Dar a volta na touca e costurar na borda.

domingo, 24 de maio de 2015

Hilda Eroles - vídeo 37 - luva sem dedos em tricô [FINGERLESS GLOVES]



RECEITA:

LUVA SEM DEDOS

Materiais:
Agulha de tricô n°5
Lã Família – Premium – Mollet
2 botões
1 agulha de tapeçaria
4 marcadores de pontos

Realização:
Tecer 15cm de barra 2/2 (para dobrar)
Tecer 4cm no ponto escolhido.
Dividir os pontos na carreira – usar marcadores de pontos coloridos:

TAM. G: 53 pontos
Mão direita:

1º - tecer 28pts para dorso da mão; colocar um marcador.
2º - aumentar 1pt, tecer 1pt da luva, aumentar 1pt; colocar um marcador.
3º - tecer 24pts. para a palma.

Próxima carreira:
1º - tecer 28 pts
2º - aumentar 1pt, tecer 3pts, aumentar 1pt.
3º - tecer 24 pts.

Aumentar desta forma até ter 15pts. para o polegar.
Reservar os 15pts numa segurança.

Terminar de tecer a mão.
Recolocar os pontos da segurança na agulha e tecer 4cm.
Mão esquerda:

1º - tecer 24pts para palma da mão; colocar um marcador.
2º - aumentar 1pt, tecer 1pt da luva, aumentar 1pt; colocar um marcador.
3º - tecer 28pts. para o dorso.

Próxima carreira:
1º - tecer 24 pts
2º - aumentar 1pt, tecer 3pts, aumentar 1pt.
3º - tecer 28 pts.


VARIAÇÃO DE TAMANHOS:

Tam. M: 49 pontos
Mão direita:

1º - tecer 26pts para dorso da mão; colocar um marcador.
2º - aumentar 1pt, tecer 1pt da luva, aumentar 1pt; colocar um marcador.
3º - tecer 22pts. para a palma.

Próxima carreira:
1º - tecer 26 pts
2º - aumentar 1pt, tecer 3pts, aumentar 1pt.
3º - tecer 22 pts.

Aumentar desta forma até ter 15pts. para o polegar.
Reservar os 15pts numa segurança.

Terminar de tecer a mão.
Recolocar os pontos da segurança na agulha e tecer 4cm.
Mão esquerda:

1º - tecer 22pts para palma da mão; colocar um marcador.
2º - aumentar 1pt, tecer 1pt da luva, aumentar 1pt; colocar um marcador.
3º - tecer 26pts. para o dorso.

Próxima carreira:
1º - tecer 22 pts
2º - aumentar 1pt, tecer 3pts, aumentar 1pt.
3º - tecer 26 pts.


Tam. P: 45 pontos
Mão direita:

1º - tecer 24pts para dorso da mão; colocar um marcador.
2º - aumentar 1pt, tecer 1pt da luva, aumentar 1pt; colocar um marcador.
3º - tecer 20pts. para a palma.

Próxima carreira:
1º - tecer 24 pts
2º - aumentar 1pt, tecer 3pts, aumentar 1pt.
3º - tecer 20 pts.

Aumentar desta forma até ter 13pts. para o polegar.
Reservar os 13pts numa segurança.

Terminar de tecer a mão.
Recolocar os pontos da segurança na agulha e tecer 3cm.
Mão esquerda:

1º - tecer 20pts para palma da mão; colocar um marcador.
2º - aumentar 1pt, tecer 1pt da luva, aumentar 1pt; colocar um marcador.
3º - tecer 24pts. para o dorso.

Próxima carreira:
1º - tecer 20 pts
2º - aumentar 1pt, tecer 3pts, aumentar 1pt.
3º - tecer 24 pts.



domingo, 10 de maio de 2015

Hilda Eroles - vídeo 35 - polaina com ponto Detalhes no tricô



Receita do Ponto Detalhes:

[número de pontos deve ser múltiplo de 7 + 4]

1ª : 1m, 2tr, *1 laç, 2jm, 3m, 2tr*, 1m

avesso carreira par: acompanha o ponto

3ª: 1m, 2tr, *1m, 1 laç, 2jm, 2m, 2tr*, 1m

5ª: 1m, 2tr, *2m, 1laç, 2jm, 1m, 2tr*, 1m

7ª: 1m, 2tr, *3m, 1laç, 2jm, 2tr*, 1m

9ª: 1m, 2tr, *5m, 2tr*, 1m

11ª: voltar para 1ª carreira


IMPORTANTE:
Para Tam. P foi posto 53 pontos na agulha.
Para Tam. M coloque 60 pontos.
Para tam. G coloque 67 pontos na agulha.

Porém estas medidas não são fixas, pois variam conforme tamanho da agulha e espessura da lã, e grossura da perna.



Teares: Circular - Pregos - Grampo

Este ano vou me dedicar a aprender a trabalhar com teares, tanto circular e de pregos, quanto de grampo.


Para que serve o tear circular e de pregos? Primeiramente serve para produzir peças com lãs. Os teares substituem as agulhas de tricô, pois o ponto formado fica igual ao tricô.

Pelo que já estou pesquisando, a quantidade dos pontos dos teares é menor que tricô com agulhas, porém o trabalho fica mais fofo e quente porque a peça fica dupla e o ponto é mais solto.

O tear de grampo, por ser usado uma agulha de crochê, ele é chamado de crochê de grampo. Mas é conhecido também como grampada. O trabalho fica mais aberto, porque ficam fios largos ligados por pequenos pontos - correntinhas. O resultado final é lindo, podendo ser montado de forma circular, em ondas ou em linhas retas!

Este trabalho foi feito com o menor tear circular, apenas com 4 pinos. Com ele se faz o chamado "rabo de gato". O resultado fica igual ao tricô de dedos, porém mais simples e sem preocupação em ficar com o trabalho"pendurado" nos dedos, sem poder largá-los!! Em 30 minutos foram feitas as três tiras e costuradas para se formar um pequeno colar.



Estes são os teares circulares que vem no conjunto. 6 teares, cada um com um número diferentes de pinos. O menor tem 4 e o maior tem 40 pinos.


Estas tiras foram feitas com tear de grampo. 80 alças no tear de 5cm.



Aqui estão os outros teares de grampo disponíveis, cada um com uma medida entre as hastes. Este ferrinho no meio de grampo serve para que as hastes não se fechem no momento do trabalho, podendo ser usados no meio ou na ponta do grampo. 






Este tear, é prático, pois podemos regular as hastes. Porém a parte de cima, onde passa a agulha de crochê é fechada.




Este tear tem 39 pregos, o que permite fazer vários trabalhos, como gorros, golas, polainas e cachecóis. e como ele é regulável na cala, pode-se trabalhar qualquer espessura de lã.




Por este pequeno guia você pode escolher o melhor tear para você. Na verdade é a habilidade de cada um que vai escolher a melhor técnica.

Mas o importante é testar cada tear, para perceber qual é o melhor para você!!!

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Casaqueto em crochê

Este casaqueto foi confeccionado com o fio Briza da Pingouin. Adaptei esta receita, pois na revista  era uma blusa. Foram usados 4 novelos pretos, 1 cinza e 1 branco. Ficou uma peça leve, pois a linha é maravilhosa!!! Leve e brilhosa!!
Esta peça é própria para vestir em dias amenos, tanto no outono ou primavera. Naquelas noites mais fresquinhas de verão também é bem-vinda!!